2008
Language:
Portuguese

A contabilidade social e os programas de transferência de renda - Um estudo do Programa Bolsa Família em Tangará da Serra

O objetivo deste estudo é verificar a importância econômica do Programa Social Bolsa Família para o município de Tangará da Serra. Buscando ampliar os conhecimentos científicos, com um enfoque específico na Contabilidade Social e seus meios. As metodologias utilizadas foram a pesquisa exploratória, através de entrevistas e questionários com as famílias beneficiárias pelo Programa, juntamente com o levantamento bibliográfico e telematizado. Justifica-se a realização deste estudo envolvendo o tema sobre a desigualdade social e os programas de transferência de renda aliada à Contabilidade Social como instrumento de mensuração, considerando as hipóteses de que o Programa Bolsa-Família realmente ameniza a carência econômica das famílias em situação de pobreza e seu destino está voltado para o atendimento das necessidades básicas de alimentação, educação e saúde. Dentre os principais dados levantados verificou-se que a maioria das famílias beneficiadas (69,8%) tem renda inferior a um salário mínimo e não concluíram o primeiro grau (85%). Observou-se uma melhora significativa na vida dos beneficiários do Programa (87,1%) tendo os recursos, como destino principal, a aquisição de material escolar (59,8%) e alimentos (31,1%). Por fim, constatou-se que o conceito do Programa Bolsa Família varia entre ótimo (35,1%) e bom (58,2%) evidenciando a importância deste programa para as famílias mais carentes, já que para muitas esta é a única possibilidade de obtenção de renda para atender as necessidades básicas.